Webmail do IQ

Informativo nº 48

Os vapores dos vinhos

Qual o papel dos aromas para um vinho de qualidade, seja ele branco ou tinto? De que modo os diferentes compostos voláteis do vinho – álcoois, ésteres, compostos carbonílicos e terpenos, entre outros – contribuem para a bebida vir a se tornar boa ou ruim?

Finalmente, como os compostos voláteis dos vinhos elaborados na região do Vale do Submédio do São Francisco (entre os estados da Bahia e Pernambuco), em que a ausência de inverno se mostra tão significativa e é grande a radiação solar, contribuem para a tipicidade e identidade destes vinhos?

Estas foram algumas das indagações de Elisabete Barbosa de Paula Barros para a sua tese, “Compostos voláteis de vinhos brancos das regiões de clima temperado (Portugal) e de clima tropical (Vale do Submédio do São Francisco, Petrolina, Brasil): validação de uma metodologia analítica”, defendida em setembro pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência de Alimentos/IQ. Os vinhos analisados foram elaborados com uvas brancas Vitis vinifera.

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [1.56 MB]

Biblioteca dos Informativos do Instituto de Química da UFRJ

Search
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in comments
Search in excerpt
Filter by Custom Post Type

[:pt]

Equipe

Coordenadora
Christina Miguez

Estagiário
Luiza Figueiredo
(Comunicação Visual Design da EBA/UFRJ)

Contatos

+55 21 3938-7261
imprensa.assessoria@iq.ufrj.br

[:]