Webmail do IQ

Informativo nº 102

Prêmio Kurt Politzer/Empresa – 2016

Premiado em dezembro último com o “Kurt Politzer, categoria Empresa”, estudo dos pesquisadores Leandro Soter de Mariz e Miranda e Rodrigo Octávio Mendonça Alves de Souza destacou fato inédito em pesquisa no Brasil: o uso do fluxo contínuo no processamento de ativo – a Capecitabina – para fabricação de fármaco.

Soter e Mendonça Alves são parceiros da empresa Nortec Química desde 2013. Os dois pesquisadores do IQ somaram, nos seis últimos anos, mais dea 40 artigos científicos publicados sobre o emprego do fluxo contínuo em pesquisa. Atualmente, dispõem de cinco moléculas selecionadas, das quais quatro já trabalhadas com a empresa, que é sua parceira em vários projetos.

Esta topou o desafio e, em 2016, inscreveu a pesquisa para o Prêmio. Como justificativa, a maior segurança operacional na
manipulação da substância ativa através desta técnica, menor impacto ambiental e menor custo fixo. L

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [578.99 KB]

Biblioteca dos Informativos do Instituto de Química da UFRJ

Search
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in comments
Search in excerpt
Filter by Custom Post Type

Prêmio Kurt Politzer/Empresa – 2016

Premiado em dezembro último com o “Kurt Politzer, categoria Empresa”, estudo dos pesquisadores Leandro Soter de Mariz e Miranda e Rodrigo Octávio Mendonça Alves de Souza destacou fato inédito em pesquisa no Brasil: o uso do fluxo contínuo no processamento de ativo – a Capecitabina – para fabricação de fármaco.

Soter e Mendonça Alves são parceiros da empresa Nortec Química desde 2013. Os dois pesquisadores do IQ somaram, nos seis últimos anos, mais dea 40 artigos científicos publicados sobre o emprego do fluxo contínuo em pesquisa. Atualmente, dispõem de cinco moléculas selecionadas, das quais quatro já trabalhadas com a empresa, que é sua parceira em vários projetos.

Esta topou o desafio e, em 2016, inscreveu a pesquisa para o Prêmio. Como justificativa, a maior segurança operacional na
manipulação da substância ativa através desta técnica, menor impacto ambiental e menor custo fixo. L

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [578.99 KB]